0item(s)

O seu carrinho de compras está vazio.

Product was successfully added to your shopping cart.
Anterior

Falsos Poemas ao Entardecer

Anterior

Essências (Devaneios duma mente alucinada)

pedaços de mim

Visão rápida

Não pretendo ser poeta, e muito menos escrevo na
preocupação do género lírico adequado.

         Não
o faço sobre quadras; sextilhas; oitavas ou décimas correctas, mas de forma
livre como as palavras fluem, num género a que muitos chamam “literatura...

Detalhes

Não pretendo ser poeta, e muito menos escrevo na preocupação do género lírico adequado.          Não o faço sobre quadras; sextilhas; oitavas ou décimas correctas, mas de forma livre como as palavras fluem, num género a que muitos chamam “literatura de cordel”.          Transmito sobretudo um estado de alma, que pode mudar a todo o momento, porque poetas, somos todos nós a qualquer instante.          Não quero ser mais um que escreve, nem sujeitar quem quer que seja, na obrigação de me ler, faço-o, simplesmente, pois fazendo-o me sinto bem.

Informação Adicional

Nome do Autor 1 Agnelo Ferreira
Nome do Autor 2 Agnelo de Carvalho Ferreira
Editor Não
Tipo de Papel Munken 80 gr.
Formato A5
Tipo de Impressão Preto e Branco
Tipo de Encardenação Capa Mole
Número de Páginas 138