0item(s)

O seu carrinho de compras está vazio.

Product was successfully added to your shopping cart.

OS VIGARISTAS

Visão rápida

OS VIGARISTAS

Crónicas, Poemas e Contos do Vigário

Detalhes

Os vigaristas são pessoas espertas, charmosas e persuasivas, têm boa aparência, transmitem confiança e têm a capacidade de assumir a aparência necessária para lidar com a situação do momento, podendo ser tanto do sexo masculino como feminino; enganam outras pessoas, tendo-se especializado em explorar os mais incautos por meios ardilosos, fraudulentos ou de má-fé, e passam a ser considerados criminosos quando os seus actos têm consequências graves, como obter lucros ilícitos, ganhando dinheiro através de fraude, enganando, mentindo e encenando situações que levam os mais ingénuos ou gananciosos a acreditar que estão a fazer um bom negócio mas, na verdade, estão a ser ludibriados. Normalmente, os vigaristas são descritos pelo tipo de vigarices que praticam, que podem ir desde variações de golpes centenários à criação de golpes originais e à utilização das novas tecnologias e mesmo à forma de tornear as leis, sendo que o termo “vigarista” deriva de “conto do vigário”, expressão usada para descrever de forma genérica qualquer tipo de história que pareça verdadeira mas que, de facto, não o é e tem como único objectivo induzir quem a ouve a desembolsar dinheiro. É sobre o universo dos vigaristas e das suas vigarices que se debruçam os textos que integram esta obra colectiva, «Os Vigaristas», redigidos por 26 autores lusófonos, de Portugal, Brasil e Cabo Verde, em que se incluem narrativas de dois grandes vultos da Literatura Portuguesa: Camilo Castelo Branco e Fernando Pessoa. Uma especial atenção ao mestre Pessoa, que legou-nos uma deliciosa e sagaz história, escrita em 1926 com o sugestivo título «Um Grande Português» e republicada em 1929 já com o nome «A Origem do Conto do Vigário» – na qual ficciona a vida de Manuel Peres Vigário, um lavrador ribatejano que se terá aproveitado da ganância alheia para trapacear. Um conto preciosíssimo que não poderíamos deixar de incluir nas páginas desta tão sui generis antologia literária.

Informação Adicional

Nome do Autor 1 26 autores
Nome do Autor 2 Isidro Sousa
Editor Não
Tipo de Papel Branco 80 gr.
Formato A5
Tipo de Impressão Preto e Branco
Tipo de Encardenação Capa Mole
Número de Páginas 240